Buscar
  • Revista Siga

Barra Mansa estabelece novas regras de enfrentamento à Covid-19

Medidas estão em vigor durante sete dias e visam regular o funcionamento do comércio, academias e organizações religiosas


O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, estabeleceu na tarde desta segunda-feira (15), um novo decreto municipal editando medidas temporárias para o enfrentamento à Covid-19. Em vigor durante sete dias, o decreto nº 10.192 restringe o funcionamento do comércio ao período de 10:30 às 19:30, com exceção de supermercados, farmácias, drogarias e padarias. Em hipótese alguma será permitido a abertura de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos afins após as 23 horas. De acordo com o prefeito Rodrigo Drable o aumento no número de casos no Estado do Rio, e em Barra Mansa, é preocupante, assim como a irresponsabilidade de algumas pessoas, que mesmo diante da situação continuam participando de festas e aglomerações. “Isto é um completo desrespeito ao ordenamento jurídico, que pretende salvar a vida de todos. Por isso, adotamos práticas mais duras para impedir que a doença se propague”, afirmou.

Com regras mais rígidas, o novo decreto estabelece que ao estabelecimento que ultrapassar o horário limite para o encerramento da atividade será aplicada normas de suspensão e cassação de alvará, conforme a Lei Complementar 057/09, além das multas previstas na legislação municipal.

O cumprimento das novas normas será realizado por agentes da Fiscalização de Postura, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Guarda Ambiental, Defesa Civil, Fiscalização Fazendária, Procon e demais fiscais do município.

NOVAS REGRAS:

COMÉRCIO:

- Passa a funcionar das 10:30 às 19:30, exceto padarias, drogarias, farmácias e supermercados. - É obrigatório o uso de máscara de proteção facial e a disponibilização de álcool 70º, preparações antissépticas ou sanitizantes similar para uso dos clientes, funcionários e colaboradores. BARES, RESTAURANTES E LANCHONETES - Podem funcionar até às 23 horas, sem tolerância - Devem utilizar apenas 50% das mesas disponíveis no estabelecimento - Aqueles com capacidade para mais de 40 pessoas são obrigados a submeter todos os presentes à aferição de temperatura antes de adentrar o recinto. Quem apresentar febre será impedido de entrar no local. - Atendimento a clientes em pé e pistas de dança estão proibidos. - É obrigatório o uso de máscara de proteção facial e a disponibilização de álcool 70º, preparações antissépticas ou sanitizantes similar para uso dos clientes, funcionários e colaboradores. - Após às 23 horas, será permitido o funcionamento em SISTEMA DELIVERY desses estabelecimentos.

ORGANIZAÇÕES RELIGIOSAS - Devem respeitar o distanciamento de 1,5 metro entre os participantes e o limite de 50% da capacidade de ocupação. - É obrigatório o uso de máscara de proteção facial e a disponibilização de álcool 70º, preparações antissépticas ou sanitizantes similares. ACADEMIAS

- Podem funcionar com até 50% da capacidade de ocupação. - Devem respeitar o distanciamento de 1,5 metro entre os usuários e devem exigir agendamento prévio. - É obrigatório o uso de máscara de proteção facial e a disponibilização de álcool 70º, preparações antissépticas ou sanitizantes similares. SERVIDORES MUNICIPAIS MAIORES DE 60 ANOS Estão dispensados das atividades laborais neste período

CASOS DA DOENÇA NO MUNICÍPIO Nesta segunda-feira (15), a Secretaria de Saúde contabilizou desde o início da pandemia em março do ano passado, a realização de 45.624 exames para a Covid-19, entre testes rápidos e swabs. Deste quantitativo, 10.690 foram positivados e 34.777 descartados. Há 157 pessoas com suspeita da doença. Até o momento, 10.289 pessoas foram curadas do coronavírus e, infelizmente, 301 vieram a óbito.

DISPONIBILIDADE DE LEITOS

A SMS confirmou a disponibilidade de 52% dos leitos de UTI. A oferta está distribuída da

seguinte forma: A Santa Casa tem um total de 12 unidades; 09 ocupados e 03 disponíveis. A UPA Centro tem 04 leitos para o Coronavírus e todos estão disponíveis. O Centro de Triagem e Tratamento da Covid-19 tem 04 leitos, sendo que apenas 01 está ocupado, enquanto o Hospital da Mulher tem 01 leito e o mesmo se encontra desocupado.

Com relação aos leitos clínicos a disponibilidade total é de 58%. A Santa Casa tem 44 leitos destinados à Covid-19, 14 estão ocupados e 30 liberados. A UPA Centro tem 10 leitos, sendo que 02 estão ocupados e 08 disponíveis. O Centro de Triagem conta com 14 leitos, 13 estão em uso e 01 disponível. O Hospital da Mulher foi estruturado com um leite desta modalidade, o qual não está ocupado.

Com referência aos números de respiradores, de um total de 31 ofertados, 05 estão sendo ocupados e 26 disponíveis. A oferta é de 84% do equipamento.

VACINAÇÃO; Barra Mansa vacinou até a segunda-feira (15), 11.834 pessoas, entre profissionais de saúde, idosos e pessoas que vivem em instituições de longa permanência. Do total de doses ministradas, 8.538 são referentes à primeira dose e 3.296 referentes à dose complementar. A vacinação foi iniciada dia 19 de janeiro

0 comentário

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram