Buscar
  • Revista Siga

Barra Mansa reforça orientações sobre prevenção ao novo coronavírus

Cidade registra 16 óbitos por Covid-19


A informação é um dos principais instrumentos para combater o novo coronavírus. Assim, aquelas pessoas que têm acesso as orientações adequadas sobre o uso de equipamentos de proteção individual, higienização das mãos com álcool gel ou sabão e água e evitam aglomerações têm menor chance de contrair a doença. Seguindo esta mesma lógica, quem procura por atendimento médico somente quando necessário também evita a contaminação pela Covid-19, já que as unidades de saúde acabam concentrando pacientes sintomáticos e assintomáticos do vírus.


Em Barra Mansa, a Secretaria de Saúde está reforçando uma série de orientações. O Secretário da Pasta, Sérgio Gomes, disse que em tempos de pandemia é preciso redobrar a atenção com a saúde, mas também é necessário bom senso na hora de buscar ajuda. “Se um cidadão apresentar sintomas de gripe, como tosse e febre leve, geralmente não há necessidade de procurar atendimento médico. O ideal é ficar em casa e fazer o autoisolamento, seguindo os protocolos das autoridades sanitárias nacionais e monitorar os sintomas. O atendimento médico deve ser imediato mediante dificuldades de respirar, dor ou pressão no peito e febre alta”, detalhou Sérgio Gomes.


Ele ainda ressaltou a importância de cobrir a boca com o antebraço ou utilizar um lenço descartável quando tossir ou espirrar, jogá-lo no lixo e efetuar a devida higienização das mãos.


Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, Barra Mansa registra 16 óbitos por Covid-19, 213 casos positivos da doença e 130 pessoas estão curadas.


FLUXO DE ATENDIMENTO MÉDICO - Para evitar a propagação da Covid-19, a Prefeitura de Barra Mansa ainda no início de março, reorganizou e traçou o fluxo de atendimento aos casos suspeitos e confirmados do novo coronavírus. Ao longo dos meses, as medidas foram adaptadas a realidade do município e continuam sendo seguidas pela UPA do Centro (Unidade de Pronto Atendimento), Hospital da Mulher, Santa Casa, Centro de Triagem e Tratamento da Covid-19, na Região Leste, e Atenção Básica do município.


Segundo a Gerência de Vigilância em Saúde o procedimento padrão consiste na realização de consulta médica minuciosa aos pacientes que apresentam sintomas do novo coronavírus, seguido da realização de teste rápido para detectar a doença ou o swab, exame indicado para pacientes graves e internados. Neste último, a coleta de amostra de secreção é enviada ao Laboratório Central Noel Nutells, no Rio de Janeiro. Já de imediato, os pacientes suspeitos e confirmados com a doença são orientados a permanecerem em isolamento domiciliar. Já os casos graves são encaminhados para internação em leitos clínicos ou Unidades de Terapia Intensiva.


Familiares e pessoas que mantiveram contato com o paciente são acompanhados sistematicamente pela equipe da Secretaria de Saúde e também submetidos a teste rápido para a Covid-19.


Mais informações e esclarecimentos sobre a Covid-19 e o atendimento na rede municipal de saúde podem ser obtidas através do telefone (240 99943-4918, de segunda à sexta-feira, de 8 às 20 horas. Sábados, domingos e feriados, de 8 às 18 hs.

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram