Buscar
  • Revista Siga

Caged: Volta Redonda amplia saldo positivo na geração de empregos


O município de Volta Redonda registrou, pelo segundo mês consecutivo, resultado positivo na geração de empregos, de acordo com os dados referentes ao mês de outubro divulgados nesta quinta-feira, dia 26, pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia. Foram 2.561 admissões contra 1.618 desligamentos, com saldo positivo de 943 empregos criados – número 77% maior que o registrado em setembro deste ano (531).


A cidade lidera a geração de empregos na Região Sul Fluminense e está na quarta posição no estado, tendo à frente apenas a capital e os municípios de Macaé e Petrópolis. O estado do Rio de Janeiro também registrou saldo positivo, com 16.271 novos postos de trabalho.


O setor que mais contribuiu para a geração de empregos em Volta Redonda no mês de outubro foi o da Indústria, com 481 novas vagas criadas. Em seguida vem a área de Serviços, que registrou 283 novos empregos. O setor de Comércio vem logo depois com o saldo positivo de 172 novas oportunidades geradas.


Mesmo com as restrições sanitárias impostas por conta da pandemia de Covid-19, Volta Redonda adotou as medidas necessárias para controlar a circulação do novo coronavírus, em acordo com o Ministério Público. Isso permitiu que a cidade reabrisse os setores de comércio e serviços de forma segura. Ocorreram apenas duas interrupções, uma por uma semana e outra por duas, desde o início da flexibilização, em maio.


“Os números mostram que Volta Redonda está no caminho certo para a retomada da economia. São mais de 900 famílias que contam com uma nova fonte de renda em nossa cidade. O trabalho não para e continuamos para que a cidade avance cada vez mais”, afirmou o prefeito Samuca Silva.


A retomada na geração de empregos nos últimos anos em Volta Redonda vem ocorrendo graças a ações executadas pela prefeitura, incluindo a desburocratização de serviços e processos, além do incentivo ao empreendedorismo. Dentre as ações, destacam-se a criação da Casa do Empreendedor e o novo espaço do Banco VR de Fomento, na Rodoviária Municipal, para melhorar o atendimento aos microempreendedores individuais; a adoção da plataforma gratuita Compras VR que funciona como canal de compras virtuais, ligando empresários e clientes; e a implantação do Alvará Fácil que, em alguns casos, sai em até 24h.


“O trabalho realizado pela administração municipal visa fomentar a vinda de mais empresas para a cidade, gerando mais emprego e renda, além de auxiliar os empresários que já colaboram para o desenvolvimento econômico de Volta Redonda. Isso reflete no aumento da geração de emprego e, como consequência, na melhoria da qualidade de vida da população”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rogério Loureiro.

0 comentário

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram