Buscar
  • Revista Siga

CMVR convida representantes do Hospital São João Batista para discutir situação atual


O vereador Nilton Alves de Faria – Neném, atual presidente da Câmara Municipal de Volta Redonda, preocupado com toda a situação vivida pelos profissionais lotados no Hospital São João Batista, quer na próxima terça-feira (04 de agosto) receber os representantes da Unidade Hospitalar como também convidar a atual Secretária de Saúde de Volta Redonda, com a finalidade de conhecer e esclarecer as dúvidas e buscar soluções junto com os vereadores, na garantia que do jeito que está é impossível continuar. Deixa claro, que o convite é extensivo aos médicos, aos Diretores da OS, aos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, a parte administrativa e a todos que trabalham e enfrentam o estado de desrespeito e insegurança no Hospital.


“Eu e os meus pares estamos alarmados, acordamos a necessidade de esclarecer, estamos diante de uma crise na saúde em nossa cidade, pra nós é o pior momento. É unânime que precisamos acolher a todos, e que sem a dedicação e a garra desses profissionais a situação que já é ruim, estaria muito pior. É lamentável, todos os dias recebermos reclamações e reivindicações dos funcionários do HSJB, quanto às condições de trabalho e das inúmeras precariedades. Muito triste saber que uma referência como o Hospital São João Batista vive seus piores dias", manifesta Neném.


A atitude do Presidente é reflexo das inúmeras discussões entre os vereadores que decidiram em reunião fazer esse convite (04 de agosto, às 18 horas, no Plenário da CMVR). Os ofícios saem amanhã da Casa Legislativa e serão entregues em mãos já com um retorno e confirmação da presença de todos convidados. O vereador Neném diz que espera o comparecimento dos representantes e também deixa aberto para a presença da Secretária de Saúde e, vai além diante dessa iniciativa, “a Pandemia vem mostrando o quanto devemos cuidar e zelar por todos, e com a nossa cidade não é diferente, e quem cuida do nosso cidadão, merece além de respeito, dignidade. Repito, não podemos deixar o Hospital São João Batista definhar, temos que reagir. Precisamos enfrentar a Pandemia, mas nesse momento o primordial é entender e acabar com o descaso encarado pelos servidores do São João Batista e dos nossos profissionais de saúde, verdadeiros guerreiros, que estão na linha de frente e, é impossível continuar nessa situação”- encerra Neném.


© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram