Buscar
  • Revista Siga

Defesa Civil de Barra Mansa alerta sobre o nível do Rio Paraíba do Sul


As chuvas que caem no Sul Fluminense nos últimos dias elevaram o nível do Rio Paraíba do Sul. Na manhã deste domingo, segundo a Defesa Civil de Barra Mansa, o nível era de 3,40 metros. Agora a tarde passou para 3,65 metros. Se chegar a 4,00 metros, certamente haverá o transbordo na Rua Argemiro de Paula Coutinho, no Centro, e em algumas ruas dos bairros Vila Maria e Vista Alegre.


O coordenador da Defesa Civil, Jonas Rodrigues Leite, explicou que as cheias do Paraíba estão ocorrendo em função das chuvas que caem em cidades localizadas abaixo da Represa do Funil. “A represa, além de produzir energia elétrica, regula o nível do Rio Paraíba, No período das chuvas, como agora, ela retém água como fonte de reserva para o período das secas, a fim de evitar o racionamento de energia. Hoje, a unidade está operando com a vazão de 300 metros cúbicos por segundo. Assim sendo, são liberados 300 metros cúbicos e entram um pouco mais que esta quantidade no reservatório, garantindo assim a elevação do nível da represa para suportar o período da estiagem que começa por volta de abril. Portanto, a represa está trabalhando dentro dos seus padrões para esta temporada. A elevação do nível do Paraíba não tem relação, neste momento, com a vazão da represa”, afirmou Jonas.


Ele inda destacou que o nível dos Rios Barra Mansa e Bananal sofreram poucas alterações. Também revelou que em novembro choveu em Barra Mansa 169.2 milímetros. “Até o momento, em dezembro já choveu 400.8 milímetros, mais que o dobro registrado no mês anterior. E há previsão de novas chuvas pelo menos para os próximos três dias”.


OCORRÊNCIAS – Desde o último dia 25, as chuvas provocaram o desabamento parcial de uma residência no bairro Vila Nova. O imóvel foi interditado pela Defesa Civil.


Também foram registrados desabamento de muro no Boa Sorte; deslizamento de terra nos fundos de duas casas, no Boa Vista II e no Loteamento Sofia. Uma pedra, situada nos fundos de um imóvel, ameaça cair sobre a Rua Bernardino Silva, no Centro.


- A Defesa Civil segue acompanhando todas as ocorrências. Felizmente não há registros de vitimas. Estamos atendendo as situações de emergência em regime de 24 horas pelos telefones 199, 193, 192 e o WhatsApp (24) 998343603 – concluiu Jonas.

0 comentário