Buscar
  • Revista Siga

Ordem Pública reforça ações de fiscalização no comércio de Barra Mansa

Medida visa conter o avanço da transmissão da Covid-19

A Prefeitura de Barra Mansa, por meio da Secretaria de

Ordem Pública, continua trabalhando na fiscalização do comércio local verificando o cumprimento das medidas sanitárias para conter o avanço da Covid-19 no município. Neste fim de semana, a Fiscalização de Postura autuou bares e restaurantes do Centro Comercial do Ano Bom que não estavam respeitando a disponibilidade de álcool gel para higienização das mãos, distanciamento seguro entre as mesas, número limitado de clientes e a exigência para do uso de máscaras faciais.

De acordo com o secretário de Ordem Pública, William Pereira, as medidas visam impedir a disseminação do vírus e, consequentemente, manter o funcionamento do comércio. “Nossa meta é garantir empregos e o fomento da economia, com segurança. As pessoas precisam entender que a pandemia não acabou e que mesmo com a vacinação as medidas de prevenção precisam ser mantidas. Nosso compromisso principal é garantir vidas e para isso é necessário que cada um faça a sua parte”, destacou William, ressaltando que a fiscalização também está sendo realizada nos bairros.

Nos próximos dias, o município receberá uma nova campanha audiovisual de orientação ao combate ao novo coronavírus, outdoors, gualhardetes e afins. A ação envolve as entidades comerciais do município – Aciap (Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços), CDL (Câmara Ed Dirigentes Lojistas) e Sicomercio (Sindicato do Comércio Varejista).

O presidente da Aciap, Bruno Paciello, reforçou que a entidade vem trabalhando desde o início da pandemia para que os lojistas não tenham que fechar suas portas e, principalmente, para manter as pessoas longe dos riscos de contaminação pela Covid-19. “Nós incentivamos os lojistas a implementarem as medidas de segurança em seus estabelecimentos e fizemos uma forte campanha de conscientização para que a população também faça sua parte. Agora estamos dando prosseguimento na divulgação das medidas de proteção contra a doença. Só assim podemos sair dessa”, pontuou.

Para o presidente da CDL, Leonardo dos Santos, as ações de conscientização são muito importantes. “Evitar a transmissão da Covid-19 é uma responsabilidade coletiva e por isto, os comerciantes que não estiverem cumprindo as medidas de proteção serão autuados e multados. Estamos trabalhando para manter as lojas abertas, garantir empregos, sem, no entanto, colocar em risco a vidas das pessoas e assim, sobrecarregar a rede de saúde”, finalizou.

Quem presenciar algum comércio descumprindo as medidas sanitárias deve denunciar através dos telefones (24) 3028-9369 e 3028-9339.

0 comentário