Buscar
  • Revista Siga

Polo Automotivo de Porto Real voltará a operar em dois turnos e 340 novas vagas serão abertas


O Polo Automotivo da Stellantis em Porto Real (RJ) volta a operar em dois turnos de produção a partir de outubro deste ano. Serão contratados 340 trabalhadores e trabalhadoras, que reforçarão o efetivo da fábrica para atender à aceleração do ritmo de produção projetado a partir do lançamento do Novo Citroën C3. Com estas contratações, o número de empregados sobe para 1.840 pessoas.


O processo de atração, seleção e capacitação já começou. De acordo com os princípios de Diversidade & Inclusão aplicados pela Stellantis, as contratações buscam equilíbrio entre os gêneros e todos os grupos sociais, a fim de assegurar igualdade de oportunidades para todos os interessados em participar do processo. À medida que ocorre a seleção, os trabalhadores vão para o centro de formação da planta, onde recebem capacitação teórica e prática.


A unidade industrial de Porto Real da Stellantis, que reúne uma fábrica de veículos e uma de motores, foi inaugurada em fevereiro de 2001, e hoje produz os modelos Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008. A planta recebeu investimentos de cerca de R$ 220 milhões para a implementação de uma variante da nova plataforma global CMP (Common Modular Platform), que é altamente flexível e pode ser usada como base para a produção de veículos multienergia – a combustão ou elétrica. Também apresenta menores níveis de vibração e maior conforto acústico e térmico.


O Novo Citroën C3 será produzido em dois turnos no Polo Automotivo de Porto Real com sete versões - incluindo a série especial First Edition - e três opções de trem de força para o Brasil: 1.0 Manual, 1.6 Manual e 1.6 Automático. Na unidade também serão produzidas versões com motor 1.2 e 1.6 a gasolina, exclusivos para exportação na América do Sul.


0 comentário