Buscar
  • Revista Siga

Prefeito de Barra Mansa é afastado do cargo após operação do MP

Três vereadores também foram afastados



Em operação realizada na manhã desta terça-feira (13), o Ministério Público do Estado Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça, e a Polícia Civil, realizou uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão na Prefeitura e na Câmara Municipal, além de outros endereços relacionados a quatro acusados de integrarem um grupo suspeito de prática de corrupção ativa.


A ação contou ainda com o apoio de agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ).


Entre os denunciados à Justiça estão o prefeito Rodrigo Drable  e os vereadores Zélio Resende Barbosa e Paulo Afonso Sales Moreira, Paulo Chuchu, além do coronel da Polícia Militar Jorge Ricardo da Silva, ocupante de cargo comissionado da Prefeitura.


Não foram expedidos mandados de prisão contra os denunciados.


Além da autorização de cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão, o Juízo determinou o afastamento dos denunciados de suas funções públicas.


O processo tem sigilo legal decretado, razão pela qual não é possível fornecer mais informações no momento.


As primeiras informações sobre a operação apontam que há uma suspeita de compra de votos de vereadores para aprovação das contas de Drable no exercício de 2018. 



1/2

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram