Buscar
  • Revista Siga

Prefeitura de Volta Redonda abre inscrições para curso de inclusão digital


As vagas para Informática Básica estão divididas entre os CRAS Água Limpa, Três Poços, Dom Bosco, Monte Castelo e Retiro



A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária, está com inscrições abertas para curso de Inclusão Digital/Informática Básica até o próximo dia 26 de fevereiro. As 144 vagas estão divididas entre os CRAS (Centros de Referência da Assistência Social) nos bairro Água Limpa, Três Poços, Dom Bosco, Monte Castelo e Retiro, onde as inscrições devem ser feitas.


No CRAS Água Limpa, Rua Siqueira Campos, nº 16, o curso será realizado entre 1º de março e 21 de junho, às segundas-feiras; no CRAS Três Poços, Rua Erika Berbete, nº 05, as aulas serão às terças-feiras entre os dias 02 de março e 22 de junho; e no Dom Bosco, Rua Deodoro da Fonseca, nº 53, as aulas serão às quartas-feiras, de 03 de março a 23 de junho. As três unidades contam com 32 vagas para o curso, que serão divididas em turmas de oito alunos.


No CRAS Monte Castelo estão abertas 28 vagas para o curso entre os dias 04 de março e 24 de junho, sempre às quintas-feiras. Os alunos serão divididos em turmas de sete pessoas; e no Retiro há 20 vagas para as aulas entre os dias 05 de março e 25 junho, às sextas-feiras, com turmas de cinco pessoas.


A programação do curso de Informática Básica inclui Introdução à Informática; e Pacote Office (Word, Excel e Power Point). A parte de Inclusão Digital para Melhor Idade tem conteúdo diferenciado.


Os interessados devem escolher entre quatro horários, dois pela manhã e dois à tarde. O primeiro horário, das 8h30 às 9h30, foi reservado para o público da Melhor Idade, com mais de 60 anos. Mas ainda há opções das 10h às 11h30, das 13h30 às 14h30 e das 15h às 16h30, que estão abertas para pessoas de todas as idades.


O candidato deve ter mais que 12 anos de idade, sendo que menores de 18 anos precisam do responsável para fazer a inscrição; além de saber ler e escrever. Outra norma diz respeito à frequência, o aluno que faltar por duas vezes seguidas perderá a vaga.

O secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, o curso de Inclusão Digital/Informática Básica pode ajudar no ingresso ao mercado de trabalho, além de aproximar as pessoas das novas tecnologias presentes no nosso dia a dia. “Este primeiro curso também vai reaproximar a comunidade dos CRAS, que estavam sem atendimento até dezembro do ano passado”, afirmou Munir, lembrando que doze unidades já estão em funcionamento e mais cinco vão reabrir até o final de março.


Aulas presenciais vão seguir protocolos de prevenção à Covid-19


As cinco unidades de CRAS que vão sediar o curso de Inclusão Digital/Informática Básica seguirão o protocolo de segurança exigido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Volta Redonda para prevenção à Covid-19.


Haverá higienização das salas na entrada e saída dos alunos; será respeitado o distanciamento seguro entre os alunos na sala; será disponibilizado álcool gel para higienização das mãos; o material do curso será individual; e será cobrado o uso correto de máscara.


0 comentário