Buscar
  • Revista Siga

Prefeitura de Volta Redonda interdita depósito de bebidas e coíbe aglomeração de pessoas


A força-tarefa criada pela Prefeitura de Volta Redonda para coibir o descumprimento das normas sanitárias ou aglomerações de pessoas para o funcionamento nas atividades econômicas intensificou as fiscalizações em mais um final de semana. Desde a sexta-feira, dia 18, até esse domingo, dia 20, as equipes percorreram os bairros Aterrado, São João, Colina, Santa Cruz, Vila Mury e Monte Castelo.


No bairro Colina, onde acontecia uma “festa do isoporzinho”, a força-tarefa dispersou os integrantes. De acordo com o relatório da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), a praça do bairro estava com excesso de pessoas e com grande fluxo de veículos.


Já no bairro Santa Cruz a força-tarefa interditou um depósito de bebidas, que teve seu alvará recolhido. Ao longo da via, próxima ao estabelecimento comercial, a Guarda Municipal autuou 20 veículos por estacionamento irregular, seguindo as orientações do Código de Trânsito Brasileiro. Outras seis notificações foram emitidas pela GMVR nos bairros Aterrado e Monte Castelo pelo mesmo motivo.


A equipe da força-tarefa é composta pela Guarda Municipal, secretarias de Fazenda e de Segurança Pública, Vigilância Sanitária, além das polícias Militar e Civil e Ministério Público. As fiscalizações são realizadas diariamente e intensificadas durante os finais de semana, durante o dia e à noite. As denúncias são realizadas pela população através da Central de Atendimento Único (CAU), pelo telefone 156, e também pelo aplicativo FiscalizaVR. Além de atender as denúncias, a força-tarefa faz rondas nos principais centros comerciais da cidade e percorrerão ainda os pontos que tradicionalmente apresentam aglomeração.


De acordo com o diretor do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda, Wagner Jardim Chaves, ressalta que a equipe da força-tarefa aproveita o momento da ação para tirar dúvidas das pessoas e também orienta sobre as normas de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e das medidas de segurança que devem ser adotadas. “Nosso objetivo é ajudar no combate a pandemia no município. Por isso, além das fiscalizações, fazemos questão de tirar todas as dúvidas dos comerciantes e da população em geral”, disse o diretor.

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram