Buscar
  • Revista Siga

Prefeitura inicia retomada de atendimento nos CRAS em Volta Redonda

Doze unidades de seis regionais começam a funcionar nesta terça. Objetivo é retornar com serviços gradualmente



A Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), vai retomar o atendimento em 12 unidades dos Cras (Centro de Referência de Assistência Social à Assistência Social) a partir desta terça-feira, dia 12. A definição ocorreu durante reunião realizada no auditório da prefeitura, no Aterrado, na manhã desta segunda-feira, dia 11. Participaram do encontro o secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, e equipes do Departamento de Proteção Básica da Smac.


Os Cras vão atender seis regionais de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. De imediato serão realizados os serviços administrativos, atualização do Cadastro Único (Cadúnico) e atendimentos de psicólogos e assistentes sociais, seguindo todos os protocolos de segurança. Projetos, oficinas e programas que podem gerar aglomeração serão retomados em momento oportuno e seguro.


“Estamos dando o pontapé inicial para a retomada dos Cras e estaremos de portas abertas, cumprindo todos os protocolos de saúde. Nosso desejo é atender cada vez melhor a população de Volta Redonda e o Cras é a porta de entrada da secretaria”, afirmou Munir Francisco.


Confira quais as unidades serão reabertas neste primeiro momento:


Regional 1 - Retiro e Siderlândia

Regional 2 - Vila Brasília e Voldac

Regional 3 - Dom Bosco e São Sebastião

Regional 4 - Água Limpa e Três Poços

Regional 5 - Monte castelo e Roma II

Regional 6 - Rústico e São Carlos


O secretário de Ação Comunitária ressaltou ainda que as unidades estão recebendo a manutenção necessária para a reabertura dos atendimentos, e que o município vai continuar trabalhando para retomar gradualmente os outros Cras, inclusive com o atendimento à Melhor Idade.


“Quando deixamos o governo em 2016, tínhamos 35 Cras funcionando e encontramos uma situação bem diferente agora que retornamos”, explicou Munir.


De acordo com o Departamento de Proteção Básica da Smac, atualmente são 24 os Cras ligados à secretaria e o objetivo é trazer de volta os outros 11 que estão ligados a outras pastas, além de dar continuidade às obras dos novos Cras dos bairros Jardim Cidade do Aço e Ponte Alta, financiados com verba do Governo Federal.

0 comentário