Buscar
  • Revista Siga

Volta Redonda: Samuca Silva vai apresentar proposta para utilização do Recreio dos Trabalhadores

CSN anunciou o fechamento do clube devido à crise econômica por conta do Novo Coronavírus


O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, irá apresentar à Fundação CSN uma proposta para ocupação do Recreio dos Trabalhadores. O clube social, um dos mais tradicionais da cidade, foi fechado definitivamente pela fundação devido à crise econômica por conta da pandemia do Novo Coronavírus.

Samuca destacou que o local é importante para a cidade e poderia ter diversas utilidades. "Recebemos com tristeza a notícia do fechamento do clube, mas precisamos achar uma solução conjunta para utilização do espaço. Vamos procurar a Fundação CSN para que possamos apresentar um plano de ocupação para o local", disse Samuca.


Entre as possibilidades, está a de locação do espaço para festas de formatura, como acontece na Ilha São João; o clube receber feirões como de imóveis e de veículos; o local ser área de lazer para funcionalismo público; promover ações em conjunto com entidades e sindicatos para receber seus associados; parceria com o Voltaço; entre outras sugestões.


Samuca destacou que o bom relacionamento do Poder Público com a CSN pode contribuir para a solução. "Tenho certeza de que, com diálogo, vamos achar uma solução. Várias seriam as possibilidades e vamos apresentar uma proposta. O espaço é da CSN e depende dela acatar a proposta", destacou.


Coronavírus

Durante a live, o prefeito Samuca atualizou os dados sobre a Covid-19, o Novo Coronavírus, na cidade. No município, agora são 3.952 casos notificados como suspeitos e 1.045 casos confirmados. 992 exames realizados deram negativo e 913 pessoas já podem ser consideradas curadas. A cidade tem mais um óbito, chegando agora a 52 mortes.

Os seis eixos de monitoramento condicionantes para a reabertura das atividades econômicas seguem dentro da meta. Vale lembrar que os eixos são: O número de casos suspeitos não aumentar mais que 5% por três dias seguidos; A ocupação de leitos no CTI não ultrapassar 50%; A ocupação de leitos no Hospital de Campanha não ultrapassar 60%; O grupo de risco permanecer em isolamento social; Uso de máscara obrigatório nas ruas; Além de manter a proibição de qualquer tipo de aglomeração.

© 2014-2020 Todos os direitos reservados

Contato​:

Pauta: jornalismosiga@gmail.com

Comercial: sigamidia@gmail.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram