Buscar
  • Revista Siga

Volta Redonda terá Patrulha do Idoso


Dia 15 de Junho marca uma data muito importante, é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.


Essa data foi instituída pela ONU (Organizações das Nações Unidas) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. A Revista Siga, se junta a essas comemorações. E traz uma conversa muito importante, Volta Redonda vai lançar a PATRULHA DO IDOSO.


Mas o que é essa patrulha, como vai funcionar estivemos na Secretaria Municipal de Ordem Pública ao lado da Presidente da FAM (Federação das Associações de Moradores de Volta Redonda) Fátima Martins e fomos recebidos pelo Secretário Tenente Coronel Luiz Henrique Barbosa (foto) que nos contou como será esse trabalho. Agradecemos também a colaboração da Jornalista e amiga Vera Cuiabano. A Revista Siga, te convida para essa conversa que vai detalhar esse projeto.


Uiara Araújo - O que é a Patrulha do Idoso?

Tenente Coronel Luiz Henrique Barbosa - Volta Redonda é uma referência no trato especial que oferece aos idosos e esse projeto que tem o prefeito Neto como maior entusiasta, fecha o ciclo de proteção. O objetivo da patrulha de proteção ao idoso é oferecer ajuda a essa parcela da população que está entre os grupos mais vulneráveis da sociedade, por serem sujeitos a vários atos de violação dos seus direitos.


UA - Quando será lançada

LH - 15 de Junho, uma data emblemática, o motivo óbvio, é o dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.


UA - Como serão apuradas as ocorrências?

LH- A Patrulha do Idoso será formada por um homem e uma mulher da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR). A 93ª DP (Delegacia de Polícia) participa por meio da reativação do Núcleo do Idoso, feita em parceria com a Prefeitura e que receberá também as ocorrências. Além disso o CREAS (Centro de Referência Especializada de Assistência Social) responsável pelo recebimento das demandas de violência aos idosos. O CREAS e a 93 DP trabalharão em conjunto.


UA - Quem vai comandar esse trabalho

LH- O Governo Municipal através das Secretarias de Ordem Pública (SEMOP) e de Ação Comunitária (SMAC) está à frente do projeto.


UA - Além das Secretarias, Governo Municipal e CREAS, quem mais participa

LH - O Ministério Público, que enviará ao CREAS as demandas oriundas da justiça.


UA - É verdadeiro que as agressões aos idosos aumentaram durante a pandemia

LH - Infelizmente sim. De acordo com o CREAS, Volta Redonda registra uma média de 70 ocorrências mês sobre os idosos, entre violência, abandono, negligencia e abuso financeiro.


UA - A Patrulha do Idoso será 24 horas?

LH- Não. A patrulha de proteção ao idoso, vai funcionar de Segunda a Sexta das 08 às 18hs.


UA - O que mais podemos esclarecer?

LH- A equipe da SMAC, através do CREAS elaborou o fluxo de atendimento da Patrulha de Proteção ao Idoso, desde o primeiro contato até o monitoramento, sem data para finalizar, seguindo os moldes da Patrulha Maria da Penha que já atua na Cidade e que completa o ciclo de proteção a pessoa vulnerável.

0 comentário